27 setembro 2012

A melhor parte de mim.

amigo
Ele me entende, às vezes até mais que eu mesma. Ele atura meus ciúmes, minhas crises, minhas loucuras e principalmente meu drama. Eu posso colocar meu maior salto e meu vestido mais bonito, ou posso estar de chinelo e roupa de dormir, a única coisa que ele vai olhar é a minha bunda. (me perdoa por expor isso, risos). A gente se entende por um único olhar. Ele implica com minha vida pessoal e eu, sequer o deixo ter uma. A gente entra em cada furada que ate Deus duvida. Eu sempre o salvo dos rolos, e ele sempre me da uma força com os meus. Um dos meus escritores favoritos já dizia: "Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra." E foi mais ou menos isso, a gente se reconheceu logo de cara, se amou de primeira, e nunca mais se largou. Um dia desses me perguntaram do que eu tinha mais medo, eu me perdi em pensamentos e minutos depois eu respondi: de mais nada. Eu já tive medo de morrer sem descobrir se esse tal amor existia, sem nunca ter sentido essa coisa sublime que todos veneram tanto. Mas passou sabe, passou quando eu te conheci. Passou porque se isso não é amor, é algo bem maior e mais bonito. Sempre quis ter um sentimento recíproco por alguém, estive por muito tempo, cansada de amar sozinha, amar errado. E então você apareceu. E além de me fazer acreditar no amor, me fez acreditar em anjos e em mais uma infinidade de coisas que sozinha eu jamais acreditaria. Eu sempre quis alguém que ficasse, e você ficou. Alojou-se aqui no coração, e não quis sair. Olha que legal, eu que sempre quis fazer tanta gente permanecer contra vontade própria, me deparo com você querendo ficar, dizendo que esse lugar é seu por direito, e que não sai nem se eu quiser. A vida tem mesmo dessas coisas de pregar peças na gente. Você apareceu e eu voltei a sorrir, foi o único que me fez enxergar amor em meio à guerra. Hoje eu entendo porque tantas vezes eu fiquei sem entender nada, porque tantas vezes eu me senti metade.Você me tirou da guerra e me mostrou a paz, me mostrou o amor. Quis ficar, quis cuidar. Deu-me colo, carinho, atenção. Deu-me tudo que eu precisava e ate o que eu não precisava.
Eu tenho pena de quem não acredita em amizade entre homem e mulher. Pra mim amizade é amizade, independente de gênero. Tenho raiva de quem diminui um sentimento tão grande quanto esse.
Eu nunca vou saber como te agradecer por tudo isso. Eu tento todos os dias, das melhores formas, te agradecer por todo esse carinho. Mas nada é tão grandioso quanto o que você fez por mim. Muito obrigado meu amigo, meu irmão, meu amor, meu TUDO.   (Lorena Aguilar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddThis