08 junho 2013

Papo Calcinha: Como lidar com o fim de um relacionamento?

calcinha

Bom, todo mundo sabe que lidar com términos não é nada agradável.
Ainda que ambos estejam de acordo, mesmo que cheguem a conclusão que vai ser melhor pros dois, ou qualquer uma dessas coisas que eventualmente podem acontecer, continua sendo muito complicado.
O caso piora bastante quando uma das partes não esta satisfeita com tal decisão, ou quando o término acontece em meio a brigas ou situações complicadas.
Seja qual for o motivo ou situação que levou a esta decisão,a real pergunta é: 
E agora...
Como lidar com o fim de um relacionamento?


Lorena Aguilar, 20 anos, Timóteo/MG.
Primeiro é bom frisar que, não vai ser fácil, NUNCA É.
Não tem formula mágica, ou receita de bolo pra lidar com esse tipo de situação.
Mais o tempo passa, e essa é a certeza. A verdade é que sempre depois de um termino a gente se pega em meio a um turbilhão de sensações e emoções que não estamos acostumados a lidar. Seja qual for o motivo do termino é sempre chato essa fase de readaptação com, digamos, a vida de solteiro. Seja por costume ou paixão sempre vamos sentir falta daquela pessoa que estava ao lado. Vale lembrar que, sentir falta de alguém, não significa absolutamente nada. Então não se baseie nisso para tomar qualquer decisão que poderá gerar arrependimentos futuros.
Alguns dizem que não a nada melhor do que outro amor, pra curar a dor que o velho deixou. E sim, eu concordo com tal afirmativa. É importante lembrar que o relacionamento acabou, mas a vida continua.
Se dê a chance de sentir mais, de viver outras histórias, de desfrutar de novos amores.
Não se prenda a um suposto sentimento, ou se anule por alguém que ficou pra trás.
Não vale usar a dor que você supostamente esta sentindo, como escudo para se esconder de tantos outros sentimentos bons que podem surgir por ai.
Se de um tempo, livre-se de suas dores, e siga em frente.
A vida passa, e passa muito rápido. Existem milhões de pessoas no mundo, vai por mim, muitas vezes não a nada melhor do que chegar ao fim.

Cyh Santos, 21 anos, São vicente/SP.
Lidar com um fim de relacionamento nunca é fácil, algumas pessoas lidam melhor, outras nem tanto, mas acho que o grande segredo é se conformar. Seguir em frente, focar de verdade e firmemente em tudo que você quer de bom pra sua vida e deixar o resto entontecer. Cuidar de si mesma e se amar acima de tudo para que quando for a hora, encontre alguém com que possa construir algo melhor.


Ludmila Rocha,19 anos, Guaraíta/ GO. 
Bom primeiramente, se tratando de fim seja o que for não é nada bacana, então lidar com o fim de um relacionamento não é fácil, pois as pessoas ficam frágeis, sensíveis, porque é momento muito delicado, que envolve tanto sofrimento quanto tristeza. O fim de um relacionamento acontece por algumas etapas, sendo que no inicio alguma das partes não consegue aceitar esse rompimento, pode haver tentativas de mudar o quadro das coisas, a reconciliação, e se não for possível, vem a raiva o desespero, e por fim a pessoa acaba aceitando. A cada etapa da nossa vida é um aprendizado uma experiência vivida, sendo elas boas ou ruins. Na vida tudo se supera, como diz aquele ditado não chore porque terminou, sorria porque aconteceu .! E o melhor não fique preso a coisas passadas, porque o que passou, passou, e tem tantas pessoas legais, bacanas nesse mundo pra se conhecer, e se não foi, é porque não era pra ser, e bola pra frente.

Anna de Cássia, 18 anos, Recife/PE
Fim de relacionamento é sempre algo complicado, principalmente quando é por causa de uma briga. Mas eu sou a favor de não semear o ódio, sabe? Quando acaba, tem um ponto final. Não há motivos para você ficar stalkeando a pessoa. E dai se ele está ficando com alguma galinha? Olhar essas coisas só vai machucar você e mais ninguém. Acho que a melhor maneira de lidar com o fim de um namoro é aceitar isso e simplesmente seguir em frente. Juntar tudo o que lembra ele e doar, devolver ou sei lá. Acredito que o tempo de luto também é importante, que é normal chorar e ficar triste. Não adianta ficar tentando evitar isso, tentando segurar o choro, porque o sentimento vai ficar preso dentro de você por mais tempo. Quando nós colocamos pra fora ele acaba mais rápido. Então viva o seu tempo de luto, e um dia, quando você menos espera, você acorda e simplesmente se sente bem.

Layane Almeida,19 anos, Timóteo/MG
Tudo na vida é uma oportunidade, até mesmo as coisas trágicas como o fim de um relacionamento. Ás vezes, ficar sozinho é uma oportunidade de se conhecer, cuidar mais de si mesmo, curtir mais a família e os amigos, se dedicar aos estudos ou trabalho... Que seja. É um erro se jogar num buraco só porque o relacionamento acabou, pois estar solteiro não é o fim do mundo. Não se pode basear sua felicidade no fato de estar com alguém ou não. Tem que acreditar que você se basta,e que você é suficiente pra ser feliz.

Jéssica Gonçalves, 19 anos, Juiz de Fora/MG
Como lidar com um fim de relacionamento? É, todos sabemos que não é assim tão fácil. Mas acho que existem alguns pontos cruciais que devem ser seguidos como:
Primeiro: não existe “dar um tempo”, ou quer ficar ou não quer, se já surgiu a frase “dar um tempo” no relacionamento é porque a coisa não ta legal para um dos lados e a pessoa acabará cometendo 456 besteiras nesse tempo, ou termina de uma vez ou continua.
Segundo: Vocês terminaram, triste, eu sei. No começo é muito difícil desacostumar com aquela pessoa por perto, as ligações de boa noite, enfim, todas as coisinhas bonitinhas de namorados. Mas, tente (e por favor, consiga), não ligar, mandar mensagens, ter as famosas “recaídas”. Parece impossível no começo, mas com o tempo você vai perceber que se “desligar” completamente da pessoa é o melhor que você pode fazer. Assim, você consegue conhecer pessoas novas e ir acostumando sua vida sem a pessoa. Já caí nessa de “vamos ser amigos” ou “hoje em dia não dá, mas eu te espero”, e vai por mim, se você seguir isso você nunca vai se desapegar da pessoa, e as cobranças de namorados vão continuar por ambas as partes, vai ser uma longa novela e sua vida sentimental vai ficar cada vez mais confusa, e nada melhor do que estar em “paz”com seu coraçãozinho.
Mas aí você me pergunta : Mas Jéssica e se a gente voltar? Bem, nunca vi namoro ioiô da certo muito tempo, pode parecer extremista demais da minha parte, mas não concordo com “vai e volta”, se se gostam e se dão certo DE VERDADE, podem chegar a quase terminar em uma briguinha ou outra, mas nunca terminam. Se terminou, terminou, é porque não deu certo mesmo! E um dia você vai encontrar aquela pessoa certa pra você, que vai gostar das suas qualidades e dos seus defeitos, por isso é importante se desapegar completamente de ex, pra você conseguir tocar sua vida sentimental pra frente.

Katlen Soares, 21 anos, Lavras/MG
Temos várias maneiras de lidar com o fim de um relacionamento, a questão é: você quer sofrer ou quer seguir em frente?
Temos uma mania tão feia de querer que as coisas aconteçam exatamente ao nosso modo, o que 99% das vezes NÃO ACONTECE, tornando isso uma atitude inútil e idiota, tendo como resultado, mais e mais sofrimento consequente da sua frustração.
Mas não adianta né?! Buscamos conselhos e até pensamos da maneira correta, mas no fim acabamos cedendo ao “amor”, se é que é isso mesmo que estamos sentindo, pq, querida(o), nosso coração também tem o direito de se enganar...
Talvez, agir pela razão, te livre de passar por momentos constrangedores e infelizes, os quais você não tem necessidade NENHUMA de passar...
Mas ai vem o coração né, e te diz, TENTA, quem sabe é ele(a) a pessoa certa pra sua vida...
e você entra de novo naquela invenção do conto de fadas...
Valerá a pena se, talvez, o errado da história, tenha sido você...
Corrigir o erro, também é uma tentativa considerável...
A real mesmo é que sabemos o que deve ser feito, mas fingimos não saber...
Seguir em frente é um passo difícil a ser tomado, quando se sai de um relacionamento saudável, legal, onde realmente teve amor, mútuo ou não, mas houve...
Mas é como eu sempre digo, “ Deus nunca te dará um fardo maior do que você possa carregar.”
E meu amor, ELE não dá mesmo...
A melhor maneira, ainda, é unir, razão e emoção, juntos estes sentimentos são incríveis, o negócio é saber a dosagem de cada um, para que seja possível fazer a melhor escolha!
Ninguém, melhor do que você, pra saber o que foi vivido, sentido, junto à outra pessoa.
Você, é o seu melhor conselheiro, porque além de se conhecer melhor que ninguém, você conhece o seu relacionamento melhor que ninguém...
Então queridos, procurem unir razão e emoção, e tentar sentir e absorver tudo o que foi vivido em seu relacionamento, colocando tudo na balança, e assim saberá se vale a pena, sofrer ou ser feliz!...
O fim de um relacionamento não quer dizer que não deu certo, deu sim, deu certo até acabar...


E você , como acha que é a melhor forma de lidar com o fim de um relacionamento? 


Obs: Também quer participar do papo calcinha? É só entrar em contato pelas redes sociais :)
Toda semana um tema diferente... com as opiniões mais variadas dos leitores.

4 comentários:

  1. ta ai uam situação muito complicada, acredita que uma vez eu que terminei o namoro e eu que fiquei triste, eu sou tão mole nessas coisas que fiquei triste e pensei ate em reatar pq eu via ele triste.
    fala serio né
    kkkk
    beijooos

    http://peequenavaidosa.blogspot.com.br/2013/06/happy-day.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. USAHUASHUA, acontece Jhenifer !
      mais como eu disse sentir falta não é sinônimo de amor ou coisa assim, muitas vezes na hora da carência a gente se pega pensando em reatar ou coisa do tipo, por costume ou mesmo uma massagem no ego, mais nunca é uma boa escolha :)

      beijinhos ;*

      Excluir
  2. adorei o post muito boa as dicas bjss fofa

    ResponderExcluir

AddThis