12 junho 2013

Texto: Amor, Amor ( Especial dia dos Namorados.)

Amor. Amor. Está chegando 12 de junho. Dia dos namorados. Há quem diga que não precisa de amor pra viver, que bobagem! Não importa muito se está solteira, namorando ou casada. O que devemos concordar é que o amor é um dos sentimentos incríveis do mundo. E quanta coisa boa o amor pode proporcionar.Coisas ruins também. O amor apesar de ser maravilhoso, pode ser cruel também. Pode machucar e causar feridas. Te fazer derrubar lágrimas e quebrar seu coração. Mas quem disse que não vale a pena? Nesse dia 12 de junho, temos que ter a consciência daquilo que o amor realmente significa nos dias de hoje. Reforçar que esse sentimento é o mais puro e o mais bonito de tudo. Certas pessoas tem que perceber que isso é maior que uma troca de status em uma rede social, é mais do que algumas palavras escritas e muito mais do que qualquer que se pode imaginar. Por que o verdadeiro significado só pode ser sentido. Está na hora das pessoas serem verdadeiras, deixarem aquilo que estão sentindo falar mais alto, considerar os sentimentos das pessoas próximas a elas. Aprender que "eu te amo" não é bom dia nem tchau.

Aprender que dentro das pessoas sempre há um coração que pode ser machucado. Amor requer antes de tudo, respeito ao seu semelhante. Aquela pessoa que faz seus olhos brilharem e seu coração palpitar. Amor não se impõe, não se força. Vem revestido de delicadeza, sensibilidade e gestos e olhares que talvez milhões de palavras e símbolos nunca consigam. É uma parceria com o tempo, onde esse sentimento precisa de cada minuto para se desenvolver, para aumentar, crescer e amadurecer. Todo mundo quer o colo, quer um abraço apertado em um dia de frio, alguém para pegar na mão e ficar de mãos dadas, alguém para te dar um beijo na testa, encostar a cabeça no pescoço e sentir o cheiro. Queremos o brilho de um olhar apaixonado, o beijo que nos faz flutuar e o toque de pele que nos fazer arrepiar todos os pelos do nosso corpo.Precisamos de alguém para nossas alegrias, tristezas, conquistas e derrotas...alguém para o nosso ser interior. Apesar de tanta grandeza, esse sentimento é simples e presente em cada pedacinho de nós. Quem ama enxerga sempre por dois, leva o pacote com tudo que tem de bom e ruim nele, quer sempre ver a felicidade do outro. Festejar o amor é confirmar nosso comprometimento em buscar nossa própria felicidade. Então entenda que realmente não existe esse negócio de piegas ou careta. Tudo no amor vale. Nada é bobo. Ou melhor é sim bobo, e por isso que é maravilhoso. Todo mundo ama uma surpresa, o bilhetinho em hora inesperadas, as flores em um dia de trabalho e um café da manhã ao acordar. Somos humanos, temos um coração batendo aqui dentro, somos loucos por afeição e temos emoção saindo pelos poros. Construir uma relação feliz, harmônica e equilibrada que certamente terá altos e baixos é o desejo da maioria dos nossos corações. Rir bastante, sentir-se leve, inteiro, pleno, flutuando, com várias sensações ao mesmo tempo e quem sabe até podendo comemorar bodas de ouro. E é claro que com muito amor. Então se você está acompanhado nesse dia ou sozinho, não importa muito. Aos que estão com o coração comprometido e respirando essa atmosfera o recado é pra aproveitar cada momento. Cada minuto ao lado de quem se ama é único, e fará parte da sua vida e das suas lembranças. Aos que estão a procura e sozinhos. Ei, nada de afobação, nada de desespero. Estamos no mesmo barco. Ao longo de nossa vida ainda vamos amar muito, pessoas diferentes, tipos diferentes de amor, vamos escrever nossa história com pessoas totalmente diferentes, cada uma deixando suas marcas sejam elas boas ou ruins. Mas não menos importantes. O amor não se apressa, não é planejado, não se espera. Quando menos se imagina ele está, te fazendo sorrir que nem boba, sem parar de pensar naquela pessoa e fazendo você parar de respirar. E você vai saber quando ele chegar na sua porta ou melhor no seu coração. Um brinde ao amor e vamos amar sinceramente com todo nosso coração. Feliz dia dos namorados para os acompanhados e para os solteiros.



Quem escreveu esse texto ?
Cybelle,gosta de ser chamada de Cyh ou Nina, tem 21 anos, mas tem um coração de 17. Mora em São vicente,São paulo. Está cursando publicidade e propaganda, é blogueira por prazer e escritora por paixão.Pretende cursar jornalismo, lançar um livro e conhecer Austrália, EUA e Inglaterra. É viciada em livros, filmes, seriados, histórias, música e palavras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddThis