04 agosto 2013

Indicação de Documentário: Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo.

viajo porque preciso

Oi povo lindo.
Hoje tem mais uma indicação de documentário, e como vocês já sabem sempre procuro priorizar a arte brasileira para fazer qualquer tipo de indicações aqui no blog.
Seja se tratando de musicas, filmes, documentários, livros e outros.
Acho valido dar uma ênfase maior para a arte do nosso país, porque se a gente não valorizar quem vai?
Tem muita coisa ruim, assumo. Mas também tem muita coisa bacana, então vamos parar de generalizar as coisas e vamos ao que realmente interessa.


volto porque te amo

José Renato (Irandhir Santos) tem 35 anos, é geólogo e foi enviado para realizar uma pesquisa, onde terá que atravessar todo o sertão nordestino. Sua missão é avaliar o possível percurso de um canal que será feito, desviando as águas do único rio caudaloso da região. À medida que a viagem ocorre ele percebe que possui muitas coisas em comum com os lugares por onde passa. Desde o vazio à sensação de abandono, até o isolamento, o que torna a viagem cada vez mais difícil.

Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo é um documentário sobre autoconhecimento, e também conhecimento sobre o outro. Enquanto descobrimos a verdadeira história de José Renato, ele abandona sua pesquisa geológica e passa a investigar as pessoas que estão ao seu redor. É também um documentário sobre amor, ódio, solidão, mas acima de tudo, sobre libertação e renovação – tanto de José Renato com sua própria história, quanto do ponto de vista da linguagem cinematográfica.



Algumas das frases marcantes: “Todo relacionamento é perfeito, até que acaba”, que é seguida por “Aprendi a gostar das flores tanto quanto das falhas geológicas”, numa clara referência ao seu próprio casamento (ele é geólogo, e sua esposa, botânica). 
“É triste gostar sem ser gostado”, "Sinto amores e ódios por você, sinto amores e ódios repentinos por você",  e "Viajo porque preciso, não volto porque ainda te amo".

casal de mao dada

 Esse documentário não indicado pra quem gosta de grandes produções. A função deste é emocionar, e essa eu posso afirmar que foi muito bem executada.

viajo porque preciso

Pra quem se interessou e quiser assistir o documentário, aperte o PLAY ;)
E por hoje é só.
Um beijo na bunda e até o próximo post




Um comentário:

  1. Assisti tbm esse documentário recomendo para quem da valor as coisas simples da vida

    ResponderExcluir

AddThis